HOME ×

Utilize o teclado para navegar, com Ctrl + nº da tecla

Ctrl + 1 (menu) Ctrl + 2 (conteúdo) Ctrl+ 3 (busca) Ctrl + 4 (mapa) Ctrl + 0 (acessibilidade)

A +

A -

Padrão


Original

Contraste
HOME ×
Notícias

Combate ao Mosquito da Dengue: Faça a sua parte

Data de publicação: 28 de dezembro de 2021
Fotos: Flickr
Crédito da notícia: Vigilância Sanitária de Cotiporã

Dengue, febre amarela, zika, chikungunya e febre mayaro são cinco doenças transmitidas pelo mesmo vetor – o mosquito Aedes aegypti. Os sintomas dessas doenças possuem as mesmas características, como manifestação de febre, dor no corpo, dor de cabeça, fadiga ou fraqueza e distúrbios gástricos.

O mosquito Aedes aegypti vive dentro e ao redor das residências. A fêmea espalha seus ovos por muitos lugares e, por isso, a melhor forma de prevenção é evitar a proliferação do mosquito. Para eliminar os criadouros do inseto e garantir a saúde da sua família e comunidade, é necessário realizar uma avaliação semanal nos locais onde o Aedes aegypti costuma colocar seus ovos.

Por que agir uma vez por semana?

O ciclo de vida do Aedes aegypti, do ovo até a fase adulta, leva de 7 a 10 dias. Se a verificação e a eliminação dos criadouros forem realizadas uma vez por semana, será possível interromper o ciclo e evitar o nascimento de novos mosquitos.

 

Como eliminar os criadouros?

- Colocar garrafas vazias de cabeça para baixo;

- Tampar tonéis, depósitos de água, caixas d’água e qualquer tipo de recipiente que possa reservar água;

- Manter as calhas limpas, sem folhas ou sujeira que possam acumular água;

- Manter os quintais limpos, eliminando recipientes que possam acumular água, como pneus, tampinhas de garrafa, folhas e sacolas plásticas;

- Escovar bem as bordas dos recipientes (vasilha de água e comida de animais, pratos de plantas, tonéis e caixas d’água) e mantê-los sempre limpos;

- Piscinas e fontes devem ser tratadas com produtos químicos específicos;

- Plantas como bambu, bromélias, babosa, espada de são jorge ou outras semelhantes que podem acumular água, devem ser viradas ou receber água corrente semanalmente, a fim de renovar a água depositada.

Lembre-se: Agindo uma vez por semana é possível impedir que os ovos se transformem em mosquitos adultos, capazes de transmitir várias doenças.

 

Vacine-se: Das doenças acima citadas, a febre amarela pode ser prevenida através da vacinação. Por isso, procure a Unidade Básica de Saúde e traga sua caderneta de vacinação para a equipe de saúde verificar se você possui as vacinas em dia. A vacina contra a febre amarela faz parte do calendário básico vacinal e está disponível no Município de Cotiporã.

Em casos de sintomas, também procure a Unidade de Saúde ou telefone para os números (54) 3446-2899 | 99611-1431.







© Copyright 2019 - Todos os direitos reservados à Prefeitura de Cotiporã/RS

topo